O que há de novo?
Loading...




A maioria das mulheres reclama de cabelos secos e ressecados, entretanto já experimentaram tantas máscaras capilares, porém nada resolveu, mas o que fazer para devolver a água perdida dos fios e mantê-los macios e hidratados? Pois bem, o cabelo precisa de reposição hídrica para segurar os tratamentos de nutrição e reconstrução, se o cabelo tiver “desidratado” com a falta de água nos fios, dificilmente ele conseguirá segurar os outros tratamentos que componha o cronograma capilar. Por isso, eu resolvi passar uma dica infalível que vão proporcionar aos fios maciez, brilho, controle do frizz e lógico uma hidratação mais profunda. Então, veja a receita, faça a hidratação e se surpreenda com o resultado.

Hidratação capilar caseira com bepantol e soro fisiológico

Ingredientes:
- 3 colheres (chá) de máscara capilar de hidratação
- 2 colheres (chá) de soro fisiológico
- 1 tampa de bepantol derma solução (própria tampa do produto)
Essa quantidade é para cabelos longos

Modo de preparo e aplicação:
Em uma cumbuca de plástico, coloque os ingredientes e misture bem até ficar homogêneo.

Lave os cabelos com shampoo, retire o excesso de água com auxilio de uma toalha, parte os cabelos em quadrante e aplique o preparo em mechas e enluva os fios.

Coloque os cabelos em uma touca de alumínio e deixe pausar por 30 minutos.

Enxágue bem os fios, use o condicionador para manter a hidratação por mais tempo e finalize como de costume.

Pronto!
Cabelos solto, macio e brilhoso.

21/07/2015

Depois que eu voltei a usar henê, eu comecei a entender melhor. Eu não tenho como dizer o que fazer para sua queda e quebrar cessar porque eu não sei como realmente o seu cabelo está. Então, você tem que aprender a decifrá-lo.

O henê em si não causa queda e nem quebra.

Eu não tenho como saber o que você fez nas aplicações e como você cuida do seu cabelo. Então, eu vou citar vários argumentos e você veja o que se enquadra no seu problema para tentar resolvê-lo.

Lembre-se: tem tipo de receita que é bom para uma pessoa, mas isso não quer dizer que vai ser bom para você, pois não sabemos do quê a sua fibra capilar necessita. 
Vamos as perguntas.
- Como é a espessura de seu cabelo (fino, médio, grosso)?
É preciso escolher henê para o tipo do cabelo para não fragilizar a fibra capilar. Henê forte não é aconselhável para cabelos finos, esse é uns dos motivos de quebra.

- De quanto em quanto tempo você aplica o henê?
Veja na embalagem, alguns henês em gel deve ser aplicado a cada 3 dias, em intervalos menores pode fragilizar a fibra capilar e causar quebra. Misturar outros produtos no henê também pode fragilizar os fios.

- Você costuma fazer hidratações?
Quem usa henê precisa de reconstrução, fazer tratamento com queratina, arginina, colágeno ou outra mascara capilar que ajuda a fortalecer os fios. Caso você já faz reconstrução tem que observar se você usa em excesso. Falta de queratina enfraquece os fios e por isso, ele se parte, mas o excesso de queratina também pode causar a quebra porque os fios ficam rígidos sem elasticidade.

- Em se tratando de queda capilar por causa de henê, a meu ver, tem dois motivos. Acúmulo de resíduo de henê no couro cabeludo e isso enfraquece a raiz. então, é importante observar a higienização correta do couro cabeludo, lavar bem evitar acumulo de resíduo na raiz. A obstrução dos folículos pilosos causa queda, pois a raiz não tem como respirar e enfraquece e cai, ou pode ter usado algum produto incompatível.

- Veja o que se enquadra ao seu problema e depois de analisar bem o seu caso e se você quiser dicas, deixa seu comentário para eu poder ajudá-la.
Qualquer dúvida deixa aqui no comentário!
Para ter os cabelos saudáveis é importante escolher os produtos e seus princípios ativos. São esses ingredientes que irão proporcionar beleza, balanço, brilho, força e crescimento, entretanto é preciso de dedicação, alimentação saudável rica em proteínas e vitaminas, quer dizer: ter uma vida saudável, então confira esse post, tire suas dúvidas e tenha os cabelos perfeitos. 

Vamos às dicas:

- Não adianta se preocupar somente com o exterior, o cigarro é um dos fatores que faz diminuir a circulação sanguínea no couro cabeludo dificultando o crescimento dos fios.
- Evita o consumo excessivo de frituras, bebidas alcoólicas e açúcares.
- Em hipótese alguma use condicionador na raiz dos cabelos, somente no comprimento, em seguida, enxágue bem. Se for necessário de um produto para domar os fios, prefira os cremes sem enxágue (leave-in).
- Evite água quente, pois ela estimula a oleosidade do couro cabeludo e pode criar fungos na raiz inibindo o crescimento e causando a queda dos fios.

Existem produtos com formulações adequados para cada tipo de cabelo, então faça a escolha certa desses itens e use específicos para estimular a circulação sanguínea. Contudo, é importante ter em sua formulação produtos à base de jaborandi, ginkgo biloba e cafeína (tópica).

Os tônicos capilares com babosa, alecrim, alho, jaborandi, ajudam a fortalecer a raiz, estimula a circulação sanguínea e evita a queda, ajuda a estimular o seu crescimento, você deve usá-los no couro cabeludo massageando com movimentos circulares para estimulá-la. A raiz (bulbo capilar) é responsável pela força dos cabelos é ela que distribui as vitaminas e nutrientes para o restante dos fios, se ela estiver fraca pode ocorrer à queda do mesmo e até a interrupção de novos fios.

Os produtos a base de café ativa o metabolismo celular, aumenta o número de fios e estimula o seu crescimento. Os produtos que tem em sua formulação extratos de plâncton, jaborandi, ginkgo biloba, ylang ylang, flores da arnica, Ginseng, quilaia, proteínas e aminoácidos ajudam na proteção dos seus cabelos, deixando-os sempre bonitos, macios, brilhantes e com saúde, então faça uso de produtos que fortalecem a fibra capilar e ajuda a prevenir a sua quebra.

15/07/2015
Eu não sou muito de testar produtos capilares, normalmente costumo usar sempre os mesmos. Então, se o meu cabelo está saudável e se por aventura usar outro produto eu terei a certeza que foi ele que danificou ou não os meus fios. Quando eu tive quebra a 3 anos atrás fiquei na dúvida qual o produto que tinha me causado os danos, pois estava fazendo o uso de henê, então pensei - é o henê, porém na época essa quebra só apareceu depois que eu comecei a fazer o uso de óleo de coco. Como assim? O óleo de coco é excelente para os cabelos, então nem cogitei que poderia ser ele. Eu decidi parar de usar henê, entrei em transição em seguida e voltei com os fios naturais.

Agora em 2016 como o meu cabelo estava saudável e natural pensei em usar henê novamente. Comecei a aplicar em 09 de Abril de 2016, já fiz 12 aplicações e a fibra capilar continua forte e com elasticidade normal dos fios, sempre fazendo as hidratações com os produtos de sempre. Pensei agora eu acertei com henê, aprendi a cuidar dos fios.

Até nesse momento eu não tinha usado o óleo de coco nem com os cabelos naturais, mas pensei eu vou fazer uma umectação, passei o óleo de coco nos cabelos e fui dormir. No dia seguinte de manhã lavei os meus cabelos e senti meus fios frágeis novamente e até um dia anterior não estava. Lógico que na minha cabeça veio novamente à dúvida se foi o henê. Então, dei uma pausa com henê 19 de Junho de 2016 e com o óleo de coco, comecei a fazer reconstrução usando queratina misturada a máscara capilar durante 1 semana sem intervalos e consegui devolver a elasticidade a fibra capilar. O cabelo está forte novamente.

Eu ainda não fiz minha aplicação de henê, hoje é dia 06 de Julho de 2016, e tenho feito teste com o óleo de coco uma vez na semana somente os fios da nuca e tenho sim sentido os meus fios frágeis, sem elasticidade, se partindo facilmente e o restante dos fios continuam normais.

Por isso eu digo, preste bem atenção aos seus fios quando testar produtos novos, talvez possa ser ele que está danificando os seus cabelos e você nem imagina que pode ser. Não é porque aquele produto é excelente para suas amigas que vai ser pra você também. Eu vou voltar a usar henê somente em Agosto e retornarei aqui para confirmar se realmente foi o óleo de coco que enfraqueceu meus fios.



Aguarde...
06/07/2016
O Rená, henê suave ou tradicional são os mais indicados para quem está iniciando com o tratamento. Não a uma regra, você pode trocá-los no momento em que quiser, entretanto eu recomendo que faça pelo menos 5 aplicações do Rená, henê suave ou tradicional, pois o cabelo já estará protegido com uma película, desta forma, você pode dar sequência no tratamento com o henê de sua escolha, não aconselho a troca de henês, mas você terá que identificar qual é o melhor para seus cabelos, cabelos finos e frágeis eu indico que use os henês em gel suaves, os cabelos grossos e resistentes pode usar henês mais fortes, mas isso é você que tem que observar como é a estrutura do seu cabelo e se ele está apto a receber esta química.

Depois da aplicação é importante aquecê-lo, quer dizer: abafar os fios com uma touca plástica como se você estivesse fazendo um banho de creme, mas primeiro coloque uma sacola plástica e depois uma touca de alumínio, não use touca térmica. Esse procedimento evita que o henê endureça e desta forma, é mais fácil para remover dos cabelos e também ajuda no alisamento. Na aplicação do henê se sentir quebras ao aplicá-lo descarte o pente e use somente o pincel e alinhe o cabelo, mas não use força para não prejudicar a fibra capilar e quando conseguir o liso não passe o henê nas partes alisadas, proteja-as com algum tipo de reparador de pontas ou serum para os cabelos não sofrerem com excesso da química.


Ao remover a química dos seus fios, lave bem o couro cabeludo, pois o resíduo do henê pode obstruir os folículos pilosos e por essa razão, causar o enfraquecimento do bulbo capilar ocasionando a queda, então observe esse procedimento para manter a raiz capilar sempre saudável. Deixo claro que não é o henê que causa a queda exatamente, e sim o resíduo que fica no couro cabeludo, isso acontece também com couro cabeludo muito oleoso, resíduo de condicionador ou máscara capilar, quer dizer a falta de higienização correta do couro cabeludo. 

O cabelo mais cacheado terá o liso somente após 25, 30 ou até mais aplicações, então ao usá-lo você não fique ansiosa para conseguir o liso rapidamente, o excesso de henê pode danificar os cabelos causando quebra. O henê é igual a qualquer outra química é preciso de cuidados redobrados com hidratações.

É importante que você tenha certeza absoluta da química que está prestes a usar.
Você está ciente dos pós e contras do henê?
Você sabe que henê só sai com tesoura, quer dizer: cortando-o?
Você sabe que o henê não é compatível com amônia, guanidina, tioglicolato, hidróxido de sódio e água oxigenada?

Se ao usar essas químicas em cabelos henezados pode cair ou quebrar completamente os fios. Então, seja prudente e use somente o henê.

Qualquer duvida é só perguntar. 

Como eu aplico henê nos meus cabelos:



Publicado em 26/07/2015
Existe uma queda natural dos fios, nós perdermos diariamente de 100 a 150 fios. A queda capilar é preocupante se você começar a ter falhas o couro cabeludo.

Para tirar suas duvidas se realmente é uma queda capilar além do normal, faça um teste. Durante o dia pegue todos os fios que você encontrar, guarde-os e conte até dar 100 fios. Essa quantidade de fios são normais, mas se o volume for maior é necessário usar algum produto que estimule a raiz dos seus cabelos.

A raiz do cabelo precisa de vitamina, A, B, C, E, proteínas e água para se manter forte e saudável. O primeiro passo é se alimentar de forma correta para enviar ao bulbo capilar vitaminas, mas você também pode estimular a raiz usando produtos no couro cabeludo como: gota dourada, tricofort, entre outras vitaminas antiqueda de uso externo.


Se mesmo assim a sua queda não cessar em 3 meses é importante fazer um exame de sangue para saber se seu organismo está com deficiência de vitaminas ou problema na tireoides, hormônios desregulado também pode causar queda capilar. 

O henê pode causar a queda dos fios se não fizer uma boa higienização do couro cabeludo, é importante está com o couro cabeludo limpo de impurezas para que a raiz possa respirar, o bulbo capilar obstruído pode enfraquecer a raiz.


Eu recebi uma pergunta sobre Botox Capilar e decidi repassar.
Quem sabe você também tem essa mesma dúvida?

Existem 2 tipos de botox capilar: 
O que faz o procedimento tipo escova progressiva para alisar os cachos e alinhar os fios e o botox que é uma máscara capilar de hidratação mais potente que somente hidrata os fios e não alisa.

Caso você for usar o botox para alisar os fios, não é necessário cortar os cabelos para fazer o procedimento, porém é importante saber se seu cabelo está forte para aguentar o uso do produto, escova e chapinha. Normalmente por usar a chapinha o botox vai dar a impressão que hidratou os fios, porém é só uma maquiagem para os cabelos, eu te aconselho a hidratar bem os fios para depois usar o botox.

Ou se você preferir usar o botox antes, é importante tratar muito bem dos seus cabelos com muita hidratação porque quando o efeito do alisamento passar que deve durar 1 a 3 meses os fios vão voltar a ficar secos, então hidratações semanais nele.

Leia essas dicas talvez possa te ajudar:
Quando o cabelo está poroso provavelmente são cutículas abertas e falta de aminoácidos, você pode fazer uma hidratação com máscara capilar de sua preferência com uma tampinha de bepantol, o bepantol vai ajudar a devolver a água perdida dos fios e vai hidratar bastante o seu cabelo. Depois da hidratação, enxágue bem os fios e para fechar as cutículas do cabelo você pode fazer uma mistura de condicionador, água e vinagre de maçã.

Quantidade pode ser:
- 3 colheres (sopa) de condicionador
- 300 ml de água
- 1 colher (sopa) de vinagre de maçã,

Passe nos cabelos e deixe agir por 5 minutos e enxágue bem, depois use somente o condicionador e finalize como de costume.
Seu cabelo vai ficar sedoso por mais tempo.
vinagre de maçã você pode está usando 1 vez ao mês ou quando o cabelo estiver muito ressecado.
bepantol deve ser aquele Bepantol derma solução, o líquido.

Já as pontas duplas o melhor é cortá-las nem que seja 1 cm, quando as pontas duplas estão abertas qualquer tipo de hidratação que você fizer os fios não vai segurá-la por causa das pontas danificadas, como diz: a hidratação vai para o ralo abaixo.
O cabelo para se manter saudável é preciso cortar as pontas de 3 a 3 meses ou no máximo em 6 meses.
Qualquer dúvida é só perguntar.

Publicado em 17/08/2015
A pauta de hoje é sobre cabelos alisados versus cabelos naturais. A meu ver não adianta nada a sociedade impor um padrão de beleza e querer que todos a sigam se aquele visual não o agradar. A frustração em seguir certos tipos de padrões pode deixar marcas complicadas de apagá-las. Não adianta dizer a pessoa para ela se afirmar e aprender a se aceitar, pois sempre vão existir aqueles que optam por outros estilos. A sua escolha deve ser aquela que faz bem para sua autoestima, então nada de apontar o dedo e dizer que natural é o certo ou o alisado é melhor. Nada disso! O melhor é aquele que você se olhe no espelho e diz: Eu estou linda. Eu me amo assim! 

Vamos às dicas:

A primeira dica é para todos os tipos de cabelos, sejam eles naturais, alisados, ondulados, cacheados e crespos. As hidratações são fundamentais para mantê-los fortes, bonitos e saudáveis. Os fios precisam constantemente repor água, vitaminas, nutrientes e aminoácidos, são esses componentes que fazem a diferença. Os nutrientes vão se perdendo ao longo do dia principalmente se as cutículas dos fios estiverem abertas. Por isso, é fundamental para a saúde dos seus cabelos manterem as cutículas bem seladas, além de segurar os nutrientes por mais tempo, eles terão mais brilho e balanço.

Quem tem os cabelos secos, ressecados, crespos e alisados precisam de mais dedicações e entender o que eles mais necessitam. Hoje em dia é difícil uma mulher não saber o que é cronograma capilar, contudo é você que deve diagnosticar o que realmente seu cabelo precisa se é hidratação, nutrição, reconstrução ou umectação. Essas etapas são essenciais para torná-los bonitos e saudáveis, também tem técnicas diferentes como No-poo, Low-poo e Co-wash, entre outras. Você precisa fazer testes com suas madeixas pra saber a melhor técnica usar.

Como cuidar dos cabelos crespos: 
Normalmente estes tipos são mais frágeis, quebram com facilidade e tem pouca elasticidade. Esses fios necessitam de hidratações e proteções mais intensas. Os cuidados devem ser redobrados e precisam ser bem rigorosos na hora das hidratações. A etapa de lavá-los é mais “perigosa”, então para quem abandonou o uso de shampoo com sulfato pula essa etapa.

O ingrediente existente no shampoo pode aumentar o ressecamento, porém ele ajuda a fazer uma boa higienização do couro cabeludo. Tudo tem solução, existem algumas dicas que pode amenizar esse efeito. Para quem não aderiu a técnica e ainda usa shampoo com sulfato deve estar ciente de usar somente no couro cabeludo com massagens circulares com as pontas dos dedos para higienizar bem a área, a espuma que escorre pelos fios já será o suficiente para limpeza, não deve esfregar as mãos sobre o comprimento e sim deslizá-las para não agredir a fibra capilar, você também pode optar em diluir o shampoo com pouco de água para amenizar o efeito do sulfato nos fios (essa é a minha técnica).

Coloque em uma cumbuca a quantidade de shampoo que você normalmente usa, acrescente água e misture para diluir, despeja o conteúdo no topo da cabeça e lava como citado acima, você vai notar a diferença. O shampoo precisa ter pH baixo e nunca se esqueça de usar condicionador no comprimento e pontas, ele ajuda a selar as cutículas e manter os fios hidratados por mais tempo.
O uso de creme leave-in e texturização são fundamentais para os cachos conseguir formas e ter mais maleabilidade, evita os frizz e ressecamentos, porém não exagera na dose para o cabelo não pesar. O excesso de creme no couro cabeludo pode acarretar caspas e queda, então faça sempre a higienização do couro cabeludo e mantém a raiz livres de resíduos.

Como cuidar dos cabelos cacheados: 
Os cabelos cacheados não precisam ser lavados diariamente, pode ser dias alternados, assim evita que eles fiquem ressecados. A técnica pode ser a mesma citada acima com os cabelos crespos. Os shampoos hidratantes são os mais indicados. As hidratações precisam ser intensificadas para mantê-los macios e brilhantes, duas vezes na semana já será o suficiente. E para ressaltar a beleza dos cachos, pode optar em secá-los com secador com difusor, lava os cabelos normalmente e ao finalizá-los use um ativador de cachos com proteção térmica, pode ser em creme ou em mousse e seque-os de baixo para cima, essa técnica deixará os cachos com efeito natural.

Como cuidar dos cabelos alisados: 
Esse tipo de cabelo precisa de tratamentos especiais. Não é aconselhável lavá-los diariamente, além de serem mais frágeis, os cabelos são danificados pelas químicas mais fortes, a lavagem dos fios podem eliminar a oleosidade natural tornando-os mais ressecados. Os shampoos devem ser específicos para cabelos quimicamente tratados e podem usar como citado acima, ao lavar os cabelos nunca se esqueça de usar condicionador no comprimento e pontas. É importante fazer o uso do cronograma capilar, pois essas máscaras capilares ajudam a manter a hidratação dos fios. A cauterização é essencial, pois irá repor os nutrientes perdidos por causa das químicas e deixar as cutículas bem seladas. Use protetor térmico ao fazer escova e chapinha, reparador de pontas com filtro solar para evitar a desidratação ao se expor ao sol.

Publicada em: 03/08/2015
Oi Meninas!
Hoje eu tomei coragem e decidi gravar um vídeo como eu mesma corto os meus cabelos desde os 15 anos. Confesso que já fiz vários estragos nos cabelos tentando acertar, chorei quando ficava torto ou quando cortava muito, mas também já pulei de alegria quando acertava na mão. Ao longo das tentativas fui me aperfeiçoando e resultado final foi me agradando e por isso, decidi compartilhar com vocês.

Eu tenho várias técnicas usando xuxinha e como fazer você mesma o corte de cabelo. Este modelo de corte pode ser somente as pontas ou radicalizar com estilo Chanel. Eu vou tentar gravar outros vídeos com técnicas diferentes. Entretanto, se você não sabe lidar com seus cabelos eu recomendo que não faça para não se arrepender depois, pois mesmo no começo com a mesma forma usada eu já deixei meu cabelo torto, o que vai te proporcionar um resultado legal é exatamente como os fios são penteados e isso leva tempo até se aprimorar.

Esses modelos de corte fui eu mesma que cortei usando essa mesma técnica do vídeo.

No vídeo eu estou com cabelos cacheados, pois com meus problemas de queda capilar por causa de alisamento eu decidi voltar com os fios naturais, mas o indicado é para cabelos lisos, porém alguma cacheada quiser se aventurar? Entretanto os cortes adequado aos cachos são em camadas e repicados.

Assista ao vídeo abaixo e saiba como cortar o cabelo em formato U arredondado.



Você costuma cortar os seus próprios cabelos ou preferi ir a salão de beleza?
Qual a técnica você costuma fazer?
Conte para nós. sua opinião é muito importante!
Publicado em 29/03/2016

A queda capilar quando está instalada é um processo lento de reverter. Quem já passou por isso, sabe como é desesperador ver os fios pela casa, ralo do banheiro, ao penteá-los e ao passar as mãos sobre os cabelos. Entretanto, para saber realmente se é queda, é importante observar se tem uma pontinha branca (raiz) no inicio do fio para descartar a possibilidade de quebra. É importante observar a quantidade que possa está perdendo, normalmente alguns fios tende a cair pelo fato do clico de vida ter chegado ao fim, ele “morre” para nascer um novo fio. O bulbo capilar produz em média 270 vezes caso não aja nenhuma deficiência, esse mesmo fio pode durar em média 3 meses a 10 anos dependendo de alguns fatores. Por isso, é normal caírem até 150 fios por dia.

Para tirar suas dúvidas se realmente é uma queda severa, faça o seguinte. Durante 24 horas guarde todos os fios que encontrar pela casa e conte-os. Desta forma, você terá a certeza se a queda é normal antes de procurar um especialista. 


Importante dizer:
No inverno os cabelos estão propensos a uma queda mais intensa, então não se desespere, pois está acontecendo uma troca acelerada dos fios, contudo, se insistir em cair ao passar as mãos durante 3 meses seguidos em maior quantidade procure imediatamente por um dermatologista para fazer um diagnóstico, pois seu corpo pode esta com deficiência de vitaminas ou mesmo sofrendo com alguma disfunção hormonal, stress ou infecção bacteriana, se o motivo de doença foi descartado você pode preservar a saúde dos fios seguindo essas dicas.

As massagens manuais no couro cabeludo com produtos específicos estimulam o bulbo capilar ativando a circulação sanguínea, entretanto é importante fazer uma refeição balanceada ricas em proteínas, sais minerais e vitaminas que são encontrados nas carnes, peixes, legumes, verduras e frutas.

Alguns fatores também podem agravar essa perda dos fios.
Os produtos químicos como: alisamento, tintura, descoloração e também o excesso de oleosidade (seborreia) nada mais é um processo inflamatório do couro cabeludo. A seborreia evita o seu desenvolvimento. Nesse caso, você pode está fazendo uso de shampoo específico para regular a oleosidade do couro cabeludo.
Invista em alimentação saudável e produtos para queda capilar!

Publicado em: 15/11/2015
O cabelo cai se eu parar de usar henê?
Respondendo dúvida de uma leitora.
Depois da minha experiência, o henê em si não faz cair os fios, eu não creio que se parar de aplicar henê o cabelo tende a cair. 

Qualquer química de alisamento quando o cabelo começa a crescer, a raiz fica mais complicada de pentear e usamos mais força para desembaraça-la e isso pode quebrar os fios alisados e culpamos a química. O cabelo cai por diversos fatores e precisa de um diagnostico para descobrir a causa, eu aplico henê 1 vez ao mês e não tenho queda. 

O excesso de química pode enfraquecer a raiz. Por isso, é aconselhável não aplicar no couro cabeludo, mas com o henê é diferente, pois precisamos aplicá-lo. Então, para evitar acumulo de resíduo é necessária uma boa higienização do couro cabeludo para a raiz respirar e evitar o seu enfraquecimento. 
 
Resíduo de produto no couro cabeludo com creme, henê ou mesmo fios oleosos pode enfraquecer o bulbo capilar. A má alimentação também é um fator, o corpo precisa de vitamina A, B, C, E, proteínas e água para manter os fios saudáveis. Estresse, nervosismo etc... 

Não posso deixar de perguntar. 
Será que seu cabelo não está quebrando? 
Cabelo saturado de henê pode sim quebrar os fios, pois o cabelo não aguenta o excesso de química e se parte, ao aplicar henê tem que observar esse fato. 

Você ao aplicar o henê força a raiz para alinhar os fios? 
Isso também pode levar a queda, a raiz não aguenta tração e pode cair. 

Seus fios estão fortes e saudáveis? 
Quando você puxa seu cabelo, ele se arrebenta com facilidade? Caso sim, ele deve está precisando de reconstrução. 
Quando eu sinto meu cabelo fragilizado eu uso uma tampinha da queratina da Bio Extratus misturada a 2 colheres de mascara capilar e faço hidratação, isso ajuda bastante a fortalecer os fios. 
Eu não uso queratina pura não, somente misturada a uma mascara. Qualquer dúvida é só perguntar. 
Eu terei o prazer de responder a todos. 

Neste post, eu vou abordar um assunto sobre prováveis motivos da queda capilar.
Nós sabemos que tudo em nosso corpo está relacionado e com o cabelo não seria diferente. Existem vários fatores que podem desencadear a queda dos fios e para o problema não se agravar é importante diagnosticá-los antes que seja tarde para reverter. O bulbo capilar tem tempo de vida. Muitas pessoas se enganam em pensar que depois de uma queda poderá recuperar aqueles fios perdidos, entretanto não é sempre que isso acontece vai depender exclusivamente de um bulbo capilar saudável. Um bulbo capilar pode produzir até 270 vezes fios novos, porém se ele tiver uma deficiência essa produção pode diminuir gradativamente e em alguns casos somente um implante para solucionar o problema.

Quando a queda capilar já está instalada não adianta estressar. O recomendado é procurar por um especialista, pois ele vai fazer vários exames para saber ao certo qual é o motivo para ir descartando as possibilidades. O nervosismo nessa hora tende a atrapalhar, pois 25% da queda capilar estão relacionados com o sistema nervoso (estresse). Por isso, a calma nessa hora é fundamental, mesmo que ver os fios no ralo do banheiro ou pela casa seja desesperador, contudo existem outros fatores como a má alimentação e uso errado de químicas.
Você já pensou o que realmente está causando esse problema?

Confira abaixo dicas para reverter essa situação:
Ansiedade e estresse!

Duas palavras que andam juntas e estão associadas à perda de fios, se esse for o caso o recomendado é se acalmar, difícil te pedir isso!? Mas é essencial, controle a ansiedade. Nem tudo é possível resolver de imediato e se estressar não vai resolvê-lo e o nervosismo pode agravar o grau da queda, então aprenda a se desligar dos problemas. No caso de depressão o mais indicado é a procura de um especialista.

Alimentação.
Na correria do dia a dia a alimentação fica cada vez menos rica em proteínas, vitaminas e minerais. Para um bulbo capilar saudável é importante que mandem as vitaminas essenciais para o seu desenvolvimento. O problema está na absorção das vitaminas, pois os fios e unhas são os últimos a recebê-las. Por isso, é fundamental uma boa alimentação, então evite frituras, açúcares, embutidos, enlatados e bebidas alcoólicas. A alimentação pobre em vitaminas só tende a piorar a situação. O indicado é alimentos ricos em proteínas, vitaminas A, B, C e E, então inclua as castanhas, nozes, ovos frangos, carnes magras e também as hortaliças e leguminosas e não se esqueça de hidratar bem o corpo bebendo bastante água.

Químicas 
(tratamento para mudar a estrutura capilar)
Um cuidados a se tomar!
Coloque isso em sua mente, não é porque uma pessoa deu certo com uma química que você também dará. Cada cabelo tem uma estrutura, existem cabelos fortes e grossos que suportam qualquer batalha e tem os cabelos finos e frágeis que não suportam nem o uso de shampoo com sulfato que a fibra capilar fica destruída, então se sua amiga usa uma química e o cabelo continua maravilhoso e saudável isso não quer dizer que o seu também vai aguentar o mesmo procedimento. No caso de queda capilar por uso de química, normalmente é o couro cabeludo culpado. O recomendado é nunca encostar a química no couro cabeludo para proteger a raiz, se a raiz for danificada é queda na certa. Por isso, é importante que o couro cabeludo esteja sujo por aproximadamente 2 dias para que a oleosidade natural proteja-o dos danos causados pela transformação. Não são somente as químicas que podem trazer problemas com queda capilar, mas também a má higienização do couro cabeludo. Um couro cabeludo muito oleoso, resíduo de produtos capilares, caspa e seborreia, tudo aquilo que pode obstruir os folículos pilosos podem levar ao enfraquecimento do bulbo capilar e consequentemente a queda dos fios, então observe a forma que você cuida dessa área.

Essas dicas se forem seguidas a risca com certeza seu cabelo voltará a crescer novamente e mais forte, antes que seja tarde demais. Cuide-se!

Publicado: 13/08/2015
Os cabelos lisos possuem mais brilho do que os cabelos cacheados e crespos. Entretanto, muitas mulheres ao se olharem no espelho sentem uma frustração enorme em ver os cabelos sem vida e opacos, porém sem entender o motivo. O brilho dos cabelos nada mais é que o reflexo da luz que incide sobre os fios. Então, quanto mais lisos forem os cabelos, maior será o brilho. Por isso, os cabelos das orientais e indianas são tão reluzentes.
Importante esclarecer:

Isso não que dizer se você tem os cabelos lisos, imediatamente você terá um brilho espetacular. Para ter esse brilho tão desejado é necessário tratar bem das suas madeixas. O segredo é justamente manter as cutículas (camada externa) bem seladas e também a oleosidade natural dos fios. Essa oleosidade é produzida pelas glândulas sebáceas e deve ser bem distribuída ao longo dos fios, deixando a superfície regular contribuindo para evidenciar a luz natural. Normalmente os cabelos crespos e cacheados são opacos, mas existem alguns produtos capilares que oferecem luminosidade imediata aos cabelos como uma maquiagem nos fios, são eles: silicone, óleos, reparadores de pontas e até receitas caseiras, além de protegê-los. Esses óleos restauram a fibra capilar. Invista nesses produtos!

Que mulher não ficaria feliz em ver seus cabelos com brilho maravilhoso? 
Pois bem, muitas de vocês devem está se perguntando por que o meu cabelo é opaco e sem vida? O que eu faço de errado aos meus cabelos? A resposta é bem simples. O que causa esse efeito é exatamente a luz que é refletida sobre os fios. Por isso, é importante que as cutículas estejam bem seladas (fechadas) para que a luz possa fazer o seu trabalho com perfeição. Entretanto, você pode dar uma ajudinha aos seus cabelos usando receita caseira que é bastante eficaz.
Vamos à dica:


Receita caseira para devolver o brilho aos cabelos opacos.
Ingredientes:

- 4 colheres (chá) de azeite
- 2 colheres (chá) de mel
Para cabelos longos aumentem a proporção

Modo de preparo e aplicação:
Faça o preparo em uma cumbuca de plástico, coloque o azeite, o mel e misture bem até ficar homogêneo.

Passe o preparo em cabelos limpos e úmidos, não é aconselhável usar em cabelos sujos, então faça a lavagem com shampoo e retire o excesso de água com uma toalha.

Desembaraça os fios e divida-os em quadrante e passe o preparo em mechas enluvando-as por 5 minutos.

Coloque uma touca plástica e deixe o produto descansar nos fios aproximadamente 10 minutos.

Enxágue bem os cabelos com água morna a fria, não é necessário usar shampoo.

Passe um condicionador e finalize como de costume.

Você pode está fazendo esse procedimento a cada 15 dias para manter os cabelos com mais brilho.
Publicado: 31/07/2015

Os cabelos que passam por processos químicos como: alisamentos e descolorações têm maior tendência a pontas duplas e necessitam de cuidados intensificados.

Você pode está se questionando:
Mesmo realizando todos os cuidados recomendados com hidratações, as pontas duplas estão sempre presentes, mas o quê fazer? O problema maior em pontas danificadas é que os cabelos não se desenvolvem corretamente, tornando mais frágeis e quebradiços. Entretanto você deve estar se perguntando: O cabelo não cresce na raiz, então não faz sentindo? Enganam-se quem pensa desta forma. Os fios devem estar selados para segurar os tratamentos.

Em suas camadas são constituídos por proteínas e outros
aminoácidos. Com as pontas danificadas os tratamentos se perdem ao longo do dia, os fios não conseguem segurá-los, pois elas estão abertas, além de causar quebras. Se essas pontas não forem revertidas a tempo pode desacelerar o seu crescimento (exemplo: o cabelo cresce 1,5 cm por mês, mas a quebra é de 3cm, então como os fios vão conseguir comprimento? Pense nisso.), tornando-os ressecados e frágeis. Por isso, é importante intensificar os tratamentos com algo que possa impedi-las de se desenvolverem como: reparadores de pontas em creme (tratamento nas pontas) e os reparadores de pontas finalizadores a base de óleos.
Quem é que não deseja ficar livres das pontas duplas?

Primeiramente eu não acredito que existe um produto que faça reverter às pontas duplas, principalmente aquelas triplas ou quádruplas. O recomendado que as corte para eliminá-las e manter os fios mais saudáveis, entretanto se você é do tipo que não pode ouvir o nome tesoura, eu aconselho que continue lendo o post. Essas dicas são para amenizar ou disfarçar as pontas duplas, porém ao lavar os cabelos elas estarão lá, talvez menos aparentes, mas regeneradas eu não acredito.


Abaixo algumas dicas importantes para amenizar pontas duplas e evitá-las.
- Reparadores de pontas são excelentes para disfarçar esses problemas, a formulação do produto contém silicone, óleo de argan entre vários outros. Esses produtos agem formando uma película protetora sobre os fios unindo-as, entretanto é um efeito temporário ao lavá-los, as pontas danificadas irão retornar. O indicado é usá-lo diariamente, mas sem exageros para não pesá-los deixando com aspecto gorduroso.

- Para evitar as pontas duplas precisa ter cuidado na hora de pentear as suas madeixas, é indicado o uso com escovas de cerdas naturais e pentes de madeira com dentes largos o atrito do material é menos agressivo aos fios.

-É indispensável o uso de máscaras capilares. Esse procedimento deve ser realizado 1 vez na semana ou até 2 vezes caso os cabelos estiverem muito danificados, Os tratamentos com hidratações servem para devolver água perdida, nutrir e repor aminoácidos, deixando-os mais resistentes.

- Muitas pessoas torcem o nariz para o condicionador de cabelo, mas ele é indispensável para manter os fios hidratados e as cutículas fechadas, evitando que as vitaminas e água se percam ao longo do dia. Opte pelos condicionadores que possuem componentes com proteína hidrolisada ou queratina.

- Os cabelos devem ser lavados com água fria ou morna, em hipótese alguma os lave em água quente, pois deixará os fios fragilizados.

- Você que tem cabelos com tratamentos químicos têm opções de usar produtos específicos para cabelos quimicamente tratados. Então, invista nesses produtos, pois a sua formulação evita maior agressão dos seus cabelos.

- Não dormir com os cabelos molhados. O atrito do cabelo no travesseiro pode deixá-los mais fragilizados.

Agora se essas dicas não amenizar o problema, infelizmente somente um corte livrar o seu cabelo das pontas duplas.

Publicado em: 07/10/2015


Cabelos com quebra ao usar o henê.
Antes eu te dizer realmente se henê é esse vilão, é importante saber como você trata de seu cabelo, mas você precisa ser honesta consigo mesma. 

Eu vou contar um pouco da minha experiência com henê:
Eu usei henê em 2012 e também já tive quebra e também cheguei a cortar meu cabelo bem curto, porém eu não tratava o meu cabelo como deveria (no meu caso eu descobrir que o meu cabelo precisava de queratina, antes eu não usava) e eu já tinha uma química antes de começar a usar henê. Quer dizer, minha fibra já estava fragilizada e ela não aguentou o processo de alisamento.

O henê deve ser usado em cabelo saudável, a fibra capilar deve está forte, pois os fios vão passar por um processo de alisamento. Lembre-se: muito cuidado com o excesso aplicações, não exagere nas aplicações, dê o tempo indicado na embalagem do produto, a fibra capilar precisa de um descanso, uma pausa para se recuperar.

Quando eu decidi voltar a usar o henê em Abril de 2016 foi exatamente para tentar entender se ele causa ou não quebra eu precisava tirar essa dúvida. Eu não conseguia entender, porque
 existem tantas meninas com os cabelos maravilhosos usando o henê, algo eu fazia errado e precisava descobrir.
Por causa da minha quebra, eu fiquei 3 anos com os fios totalmente naturais (fibra capilar saudável sem quebra e nem queda). Então, eu decidi voltar a usar henê e também usar os mesmo produtos capilares e eu não troco, uso sempre os mesmos. Porque com esse teste eu vou ter a certeza caso meu cabelo quebrar, eu vou saber identificar se foi henê que causou os danos. 

Eu já tenho 1 ano que eu voltei a aplicar henê e meu cabelo continua forte e saudável.

Esse é o vídeo de como meu cabelo está atualmente:

Por isso, eu digo, o henê é química e os fios precisam de tratamento, mas não é qualquer tratamento é importante saber o que seu cabelo precisa receber para manter as fibras saudáveis.

Hoje dia 5 de agosto, eu posso te dizer que a química henê não causa quebra se usado de forma correta com a experiência que eu tenho feito.
O meu cabelo está normal, não sei o passar de algum tempo eu posso vim aqui e dizer o contrário.
Aguarde as atualizações...
Aprenda como tratar dos cabelos com algumas dicas importantes.
O cabelo cresce a partir do bulbo capilar (couro cabeludo). É importante ficar de olho em qualquer agente externo que possa prejudicar a saúde nessa região, pois isso pode impedir que os fios se desenvolvam com saúde.

Para estimular o crescimento dos fios é importante mudar os hábitos alimentares e ter em seu cardápio alimentos ricos em vitaminas.

As vitaminas mais importantes para o cabelo se desenvolver são as vitaminas A, que é encontrada no fígado, cenoura e leites. A vitamina C se encontra em frutas cítricas como o limão e a laranja. A vitamina E é encontrada no leite, abacate e ovos. A vitamina F você encontra nos óleos vegetais. O zinco está presente nas carnes.

Os problemas hormonais também podem diminuir o crescimento dos fios, então é preciso consultar um ginecologista e endocrinologista para ter certeza se seus hormônios andam em perfeita ordem.

Os cabelos quebradiços e com pontas duplas crescem, mas se partem por está fraco e não consegue alcançar um crescimento significativo, então sempre manter uma hidratação e cortes em dia para ter um cabelo saudável.

Evite lavar os cabelos com água muito quente. Ela pode causar irritação no couro cabeludo e deixar os cabelos mais oleosos, o que também irá prejudicar os fios de crescerem. E também não use lenços, rabos de cavalo ou coque quando os cabelos estiverem molhados. Isso pode acarretar a proliferação dos fungos e assim causando a queda do mesmo, pois os fungos fazem o couro cabeludo descamar e entupir os poros impedindo que novos fios capilares cresçam.

Publicado em: 21/11/2010
O mais importante para evitar a queda é saber se você está com deficiência de vitaminas ou com hormônios alterados.
Se você não sabe a causa o mais indicado é a procura de um médico especialista.
Faça exames para certificar se sua saúde está bem.

A alimentação ajuda muito a fortalecer os fios.
O cabelo necessita de vitamina A, B, C, E, proteínas e água.
Uma boa alimentação ajuda no crescimento saudáveis dos fios.
Na minha alimentação, eu não deixo faltar a "couve e ovo".

Caso você tenha certeza que não é a alimentação e sua saúde está em perfeita ordem, talvez seja alguns hábitos e você possa está mudando e aprendendo a observá-los.

A higienização do couro cabeludo é muito importante, o resíduo de produtos capilares no couro cabeludo pode causar queda, pois pode obstruir os folículos pilosos e enfraquecer a raiz. Então, certifique-se se você está cuidando bem de seu couro cabeludo.

Em relação a quebra dos fios, pode ser por alguns fatores como: excesso de química, falta de hidratação, água quente, a forma de pentear os cabelos. Muitos fatores podem favorecer a quebra.

Eu acredito muito que a falta de queratina também pode enfraquecer bastante os fios. Por isso, é importante repor queratina, pois ela é fundamental.

Eu vou passar uma dica que eu já faço a 1 ano.
Sempre que você lavar o cabelo, os fios que caírem pegue-os e puxe-os, se arrebentar com muita facilidade na próxima vez que lavá-los faça uma reconstrução (2 colheres de creme e 2 tampinhas de queratina, misture em uma cumbuca e faça a hidratação.
Eu uso queratina da Bio Extratus) e finaliza como desejar.

Sempre faça esse teste e você vai aprender a identificar do que seu cabelo mais precisa sem essa neura de seguir cronograma capilar. Então:
  • Se o cabelo arrebentar com facilidade (ele está fragilizado e precisa de queratina) o colágeno também é essencial nesse etapa. 
  • Se o cabelo está com uma elasticidade (normal dos fios) ele só precisa de hidratação normal. 
  • Se o fios estiverem rígidos (fortes sem elasticidade) eles necessitam de nutrição. Use uma máscara com óleos ou faça umectação. Você vai notar a diferença. 
Depois que comecei a fazer desta forma notei uma diferença enorme nos meus fios, além de está mais forte. Então, conte para nós como você faz para identificar do que seu cabelo necessita.
Como é o seu tratamento capilar.
Sua participação é sempre bem-vinda!

Lembre-se: Os fios precisam de queratina para se manter forte e saudáveis, sem queratina os fios ficam frágeis parecendo uma linha podre (arrebenta com facilidade), mas o excesso de queratina deixa os fios rígidos e também pode causar quebra. Por isso, é importante fazer o teste dos fios para saber qual o tratamento você deve seguir no dia seguinte que você for lavar os cabelos.
Passar mascara capilar no couro cabeludo não causa queda, o que causa queda é deixar resíduo da mascara no couro cabeludo, se você enxaguar bem o couro cabeludo não tem perigo algum. 
O que faz o cabelo cair é obstrução dos folículos pilosos. Essa obstrução dos poros enfraquece a raiz e ela não consegue se desenvolver e cai, mas é normal cair 100 fios diários (existem uma troca normal dos fios).

Estudos comprovaram que comer uma banana por dia pode evitar a ida ao médico. A banana pode ser utilizada como tratamento, em dietas alimentares, além de ser uma fruta gostosa e possuem várias propriedades, ela também é capaz de acabar com a depressão sendo assim um antidepressivo natural. O responsável por isso é o alto teor de triptofano. Isso ocorre porque este aminoácido quando chega pela primeira vez ao cérebro, induz a produção de serotonina e reduzir a sensação de dor ou vazio e conseqüentemente aumenta a sensação de bem estar. Por isso, é recomendado consumir uma banana diariamente, pois a fruta aumentaria significativamente o animo, aliviando os sintomas da depressão.

Os estudos também comprovaram outras qualidades da banana. Ela é rica em vitaminas A, C, K e B6, ajuda a regular os níveis de glicose no sangue, afastando as doenças como o diabetes.
A depressão está diretamente ligada à alimentação, por isso é aconselhável fazer uma dieta balanceada, rica em banana, e ômega3 e outras fontes ricas em triptofano como o abacate. Uma dieta balanceada e aliada ao acompanhamento de um médico psicólogo pode ser uma prevenção e conseguir a cura da doença.

Para uma pessoa sair da depressão e não voltar mais é necessário praticar um tipo de exercício físico ou esporte para distrair a mente, desta forma ela não terá tempo de pensar em coisas negativas e conseguir viver uma vida mais feliz.

Publicado em: 23/05/2011

Quais são os alimentos que devemos evitar para não agravar os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM)? Pois bem, devemos evitar ingerir alimentos ricos em açúcar, gorduras, álcool, sal e cafeína. Por isso eu vou comentar um pouco desses alimentos e o que eles fazem em nosso corpo que nos deixam ainda mais nervosas.

açúcar em excesso faz o nosso corpo desperdiçar vitamina B6, magnésio e cálcio, e isso faz ocorrer à hipoglicemia que é a queda dos níveis do açúcar no sangue e que acarreta a depressão, ansiedade e desejo de ingerir mais doce.

álcool também faz ocorrer a perde de açúcar no sangue. Ao ingerir alimentos ricos em gorduras podem aumentar ainda mais a produção de estrogênio, sendo assim aumentar o aparecimento das espinhas que nesse período é mais intensa do que o normal.

Para mulheres com sintomas de nervos é melhor evitar a cafeína que poderá aumentar ainda mais a tensão e o nervosismo.

Agora para aquelas que ficam muito inchadas nesses dias devem evitar consumir sal, pois ele aumenta ainda mais a retenção de líquidos e piora o inchaço.

Se você estiver uma alimentação regrada e evitar esses alimentos pode ter certeza que a TPM vai passar bem longe de você.

Publicado em: 30/09/2010
Eu vou passar algumas dicas para evitar o surgimento dos cravos e das espinhas. Quando o rosto é oleoso os poros são dilatados, com a poluição do dia a dia pode ocasionar o seu entupimento e consequentemente o aumenta das espinhas.

Primeiro passo a ser realizado e o mais importante é sempre lavar o rosto quando você achar que sua pele está oleosa, desta forma, vai dificultar o desenvolvimento das espinhas. Outra dica importante é evitar passar as mãos no rosto, pois elas podem ter sujeiras que também podem entupi-los. A alimentação também é importante, então evite comidas gordurosas e frituras, pois elas provocam o aumento da oleosidade da pele.

Agora vamos comentar sobre os produtos que auxiliam na limpeza da pele e na diminuição dos cravos e espinhas. Existem sabonetes específicos para pele oleosa, então é importante trocá-los, os sabonetes comuns possuem hidratantes que pode levar ao aumento da oleosidade.

É importante mudar a sua rotina diária, é indispensável fazer uma higienização da pele ao acordar e principalmente na hora de dormir, use um adstringente para desobstruir os poros, depois lave o rosto com sabonete próprio para a pele oleosa e faça uma massagem circular com delicadeza com a espuma do sabonete aproximadamente cinco minutos, enxágue bem e use uma toalha limpa para secá-la.

Caso você optar por sabonete específico para tratar as espinhas, talvez no começo do tratamento o rosto possa ficar muito ressecado, então suspenda o uso por dois dias até a pele acalmar e continua com a rotina. Quando a pele está ressecada é indicado o uso de creme hidratante oil free para o rosto manter a hidratação natural, porém é importante seguir com a limpeza diária da pele.

Hoje em dia existem vários produtos para manter a pele saudável, é necessário saber adquiri-los. Os comprimidos de via oral é o mais indicado, porem é recomendado que seja prescrito por um médico especialista. As espinhas são tratadas de dentro para fora, também é importante tratar a pele e nesse caso existem alguns produtos para limpar os poros, como os leites de rosas e de colônia e os adstringentes, esses produtos são usados com algodão, umedeça o algodão e passa no rosto, esfregando na pele com suavidade, depois de realizar a limpeza é só lavar o rosto e secar normalmente com uma toalha limpa, também ajuda a diminuir a oleosidade, o pior causador das espinhas, também existem pomadas próprias para esse fim.

Existem infinidades de produtos para acabar com as espinhas, mas nem todos são eficazes, só experimentando para saber, mas é perigoso o uso sem orientação médica. 

Se tiver alguma duvida entre em contato.
Luh Fernandez
Publicado em 28/09/2015
As informações fornecidas no Cabelo Beleza e Saúde são para simples referência. O seu conteúdo não deve ser utilizado para autotratamento e automedicação. Sempre procurar um médico, pois somente ele poderá indicar o melhor para a sua saúde e nada substitui a palavra de um especialista.



Copyright © 2018 Todos os direitos reservados pertence a Luh Fernandez. Proibido Reprodução. Tecnologia do Blogger.